terça-feira, 28 de junho de 2011

UHF

Prezados colegas

Nossos repetidores sofreram avarias com as chuvas que cairam no sítio onde se encontram. Precisamos trocar postes, comprar fiação nova (são mais de cem metros de fio) comprar canos para levantar as antenas, cabos de aço para os estais etc, etc, etc....
As pessoas que dão manutenção são pessoas altamente ocupadas e não têm tido tempo de sanar os problemas e com isso os repetidores estão fora do ar. (é de se compreender).
Estamos agilizando o retorno dentro de um prazo o mais curto possível, do repetidor de UHF, já que o de VHF do nosso amigo Cléber está funcionando maravilhosamente bem e dando excelente cobertura.
Com o retôrno do UHF será uma opção a mais e nós teremos tempo de resolver os demais problemas.
Assim que tudo estiver OK, avisaremos através deste mesmo canal de comunicação
Aguardem e forte 73

domingo, 19 de junho de 2011

GECRE x AIS

Desde o dia 18/06/11 está no ar o sistema AIS para a região do Espírito Santo (uma parceira do GECRE e o Marinetraffic.com).
O sistema AIS (Automatic Identification System) funciona da seguinte maneira: Embarcações mantém transmissores ligados à GPS que enviam em torno de 10 sinais por minuto às demais embarcações e estações costeiras suas posições, além de destino, ETA, velocidade e outras informações (praticamente em tempo real). Esse sistema foi originalmente projetado para evitar colisões entre embarcações (similar aos Transponders em aeronaves).
Atualmente existem estações costeiras espalhadas em todo o globo que recebem as coordenadas (nas frequências de 161.975 MHz and 162.025 MHz) e enviam para servidores na internet. No Brasil existem atualmente sete estações costeiras receptoras de sinais, nos estados do Amazonas, Sergipe, Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia. Para completar a cobertura da costa brasileira, desde ontem está no ar a estação PU1BRA/GECRE, monitorando plataformas de petróleo e demais embarcações desde a bacia de campos até no norte do Estado do Espírito Santo.
A estação consiste de um receptor ELGR-161/162 (cedido gratuitamente pelo marinetraffic.com, enviado da Ucrânia ) ligado à internet diretamente em um roteador e uma antena direcional de 7 elementos apontada para 180º (fotos abaio).
Nos links abaixo estão as informações em tempo real das embarcações na baicia de campos e região do Porto de Vitória (captadas pelo sistema) bem como a área de cobertura da estação e dados estatísticos.
Para nós radioamadores, esse sistema é de extrama importância para estudos de propagação.
Estatísticas da estação PU1BRA/Gecre: http://www.marinetraffic.com/ais/pt/stationdetails.aspx?station_id=808
Mapa de cobertura da estação: http://www.marinetraffic.com/ais/pt/default.aspx?oldmmsi=808
Movimentação de navios captados: http://www.marinetraffic.com/ais/pt/default.aspx?level0=100
Detalhes do sistema AIS da marinetraffic.com: http://www.marinetraffic.com/ais/pt/faq.aspx?level1=160#3
Wikipedia sobre o sistema: http://en.wikipedia.org/wiki/Automatic_Identification_System
Att,
Werther Krohling
PU1BRA – GG99up
ARRL Member: #3000066634
EPC Member (European Phase Shift Keying Club): #14784
Club: www.gecre.org
Twitter: @werther_k

GECRE x AIS

Desde o dia 18/06/11 está no ar o sistema AIS para a região do Espírito Santo (uma parceira do GECRE e o Marinetraffic.com).
O sistema AIS (Automatic Identification System) funciona da seguinte maneira: Embarcações mantém transmissores ligados à GPS que enviam em torno de 10 sinais por minuto às demais embarcações e estações costeiras suas posições, além de destino, ETA, velocidade e outras informações (praticamente em tempo real). Esse sistema foi originalmente projetado para evitar colisões entre embarcações (similar aos Transponders em aeronaves).
Atualmente existem estações costeiras espalhadas em todo o globo que recebem as coordenadas (nas frequências de 161.975 MHz and 162.025 MHz) e enviam para servidores na internet. No Brasil existem atualmente sete estações costeiras receptoras de sinais, nos estados do Amazonas, Sergipe, Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia. Para completar a cobertura da costa brasileira, desde ontem está no ar a estação PU1BRA/GECRE, monitorando plataformas de petróleo e demais embarcações desde a bacia de campos até no norte do Estado do Espírito Santo.
A estação consiste de um receptor ELGR-161/162 (cedido gratuitamente pelo marinetraffic.com, enviado da Ucrânia ) ligado à internet diretamente em um roteador e uma antena direcional de 7 elementos apontada para 180º (fotos abaio).
Nos links abaixo estão as informações em tempo real das embarcações na baicia de campos e região do Porto de Vitória (captadas pelo sistema) bem como a área de cobertura da estação e dados estatísticos.
Para nós radioamadores, esse sistema é de extrama importância para estudos de propagação.
Estatísticas da estação PU1BRA/Gecre: http://www.marinetraffic.com/ais/pt/stationdetails.aspx?station_id=808
Mapa de cobertura da estação: http://www.marinetraffic.com/ais/pt/default.aspx?oldmmsi=808
Movimentação de navios captados: http://www.marinetraffic.com/ais/pt/default.aspx?level0=100
Detalhes do sistema AIS da marinetraffic.com: http://www.marinetraffic.com/ais/pt/faq.aspx?level1=160#3
Wikipedia sobre o sistema: http://en.wikipedia.org/wiki/Automatic_Identification_System
Att,
Werther Krohling
PU1BRA – GG99up
ARRL Member: #3000066634
EPC Member (European Phase Shift Keying Club): #14784
Club: www.gecre.org
Twitter: @werther_k

segunda-feira, 6 de junho de 2011